Nem Sempre Zen

Shadow Work * Aconselhamento e Psicoterapia

A Lua e as Luas

Lua Cheia no coração e o coração cheio de Luas.

 

A Lua

 

Nasci em Julho, signo Caranguejo, sob a regência da Lua.

Toda a minha vida fui sensível aos seus movimentos: conheço o meu humor numa determinada lua e compreendo os seus efeitos no meu corpo.

Um dia alguém escreveu que não era possível que sentíssemos os efeitos da Lua, pois os tais 70% de água que temos no nosso corpo não eram suficientes para provocar sensações ou alterações tal como nas marés.

Fiquei convencida que se tratava se um mito.

Mas não deixei de ver a Lua como a minha eterna amiga e confidente. Falámos muitas vezes, ela foi luz e mestre do meu espírito.

 

E afinal, a influência da lua no corpo humano até pode fazer algum sentido:

 

Toda vez que ocorre a subida nas águas, sabemos que a lua atingiu o ponto mais alto do céu em relação a um determinado ponto da terra. Isso identifica que a lua está onde a água é mais atraída, ao ponto de aumentar de volume e se acumular. Assim, formam-se as marés.

Talvez pouca gente perceba, mas nós humanos também somos influenciados pela porção 70% de água que somos. Todos nossos líquidos corporais possuem as suas próprias marés.
Somos compostos internamente por água e possuímos em comum uma força interna que a expande, retrai e muda de posição, no mesmo ritmo e tempo das marés apresentadas pelos rios, mares e oceanos.

A Lua no organismo

 

 

 

Nem Sempre Zen – 27 de Julho 2018 – Full Moon Meditation

 

As Luas

 

Há planetas que têm várias Luas a gravitar ao seu redor.

Eu também tenho as minhas Luas.

Algumas estão distantes fisicamente mas presentes no coração e outras ainda são conhecimentos travados num mundo virtual.

Algumas destas Luas são inspirações diárias, quando leio o que escrevem, quando abrem o coração e expõem as suas inseguranças, as suas vitórias ou quando generosamente partilham os seus conhecimentos.

 

São aquelas presenças que me rodeiam, a maior parte das vezes sem o saberem, que aquietam o meu coração, dão conselhos ou uma palavra que me anima e puxa para cima.

 

As Luas que enchem o meu coração são presenças mágicas e companheiras que fazem parte do meu desenvolvimento pessoal.

Apesar de subsistirem questões e muitas dúvidas, já encontrei algumas respostas. E aquilo que não sei, saberei no tempo certo.

 

É com algumas destas Luas que partilho mais um momento especial de meditação na próxima 6ª feira, dia 27 de Julho.

Vamos unir energias e celebrar mais uma Lua Cheia, mais uma noite que vivemos e pela qual estamos gratas.

 

 

Partilha
error: