Nem Sempre Zen

Ferramentas de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal

Nem Sempre Zen

Destruir mitos para ter uma vida saudável

Mitos a destruir:

 

 

1. Uma pessoa que ensina ou pratica yoga é sempre “zen”

 

Um dia destes um amigo dizia-me, “mas tu és professora de Yoga, estiveste na Índia, não podes chatear-te com essas coisas, tens de ser Zen.”
Ora pois bem… até entendo que os outros olhem para nós dessa forma, que a malta do Yoga é zen, e é só peace and love, percebo que esteja tudo formatado nesse sentido, mas a questão é: Sim, os professores de Yoga não são sempre Zen’s! Somos todos humanos e acima de tudo não somos perfeitos.

In https://www.facebook.com/yogabreathyoga/

Nem Sempre Zen – Até quem pratica yoga tem dias em que está “nem sempre zen”…

 

Ora ai está!

Eu também pensava assim, até tinha uma certa inveja de yogis/yoginis e hippies porque na minha cabeçinha ali estavam as pessoas mais felizes do mundo! Descomplexados, despreocupados, em sintonia com a natureza e consigo próprios e, sobretudo, livres.

Mas a Susana veio explicar muito bem que, o que muda na vida de quem ensina (e pratica) yoga é a clareza mental que nos ajuda a ver as coisas de forma diferente, de uma outra perspectiva.

Não significa que não tenhamos problemas ou que eles não nos aflijam, simplesmente a forma como são encarados torna-se diferente. E mesmo assim não é automático, é aprendizagem, como tudo na vida.

(e é perfeitamente normal alguém passar-se da marmita de vez em quando, porque há momentos em que…… haja paciência! ahahah)

 

 

 

2. As mulheres que vejo no IG têm vidas perfeitas, quem me dera!… (blá blá blá)

 

Quando vês as fotos no Instagram (IG) ou lês os posts destas mulheres no Facebook (FB) elas estão sempre a sorrir. Ou são super fit e levam uma vida saudável, têm tempo para estar sempre no ginásio ou estão constantemente a viajar.

É um cliché mas… Ninguém é perfeito.

Em primeiro lugar há mulheres que hoje têm vidas “perfeitas” mas “comeram o pão que o diabo amassou” para ali chegar e por isso não devemos ter inveja mas sim observar o seu exemplo e ficar felizes porque elas conseguiram alcançar um objectivo ou dar a volta por cima.

Há outras que são lindas por fora e podres por dentro mas isso nós não conseguimos saber através de uma simples fotografia! Por isso cuidado com os julgamentos.

E por fim há aquelas que vivem no mundo ideal mas continuam a ter problemas, afinal, quem não os tem?

 

Nem Sempre Zen – A vida acontece dentro de ti.

 

Quando comecei a praticar yoga achava que se fosse mais magrinha ia conseguir fazer melhor certas posições.

Até ao dia em que comecei a seguir no IG uma jovem assim mais rechonchudinha, que faz tudo aquilo que um praticante de yoga esquelético faz!

Não há limites! Aquele é o corpo dela, é cheiinha mas tem tanta ou mais flexibilidade que a minha instrutora que é magra.

Portanto, temos de assumir que não dá para ser perfeita. O que tens mesmo de fazer é o que estiver ao teu alcance para te sentires bem contigo própria, só isso.

Não tendo dinheiro para viajar e não tendo a família perfeita, tu também podes ser feliz. A vida é mais do que acontecimentos aparentemente felizes. A vida acontece dentro de ti.

 

 

3. Para ter uma alimentação saudável preciso ser vegetariano ou vegan

 

A minha nutricionista não é vegetariana ou vegan.

Há imensas pessoas cujo trabalho observo, como inspiração, que comem de forma saudável sem serem vegetarianas, por exemplo: Laranja-Lima, Cozinha Consciente ou Nutree.me.

Sim, pode-se ter uma alimentação saudável comendo ovos, peixe ou carne. é tudo uma questão de equilíbrio.

Para mim, escolher o tipo de alimentação (ou o estilo de vida) é um assunto tão pessoal como ter ou não ter filhos ou pertencer a esta ou àquela religião. Não se julga, nem se discute, aceita-se. Eu não te “encho” a cabeça com as minhas crenças e tu também não me chateias.

Contudo, não sendo vegan, sou sensível aos argumentos de quem é e confesso que me fazem pensar muito no assunto, principalmente quando se toma consciência do impacto que as nossas escolhas têm no meio ambiente.

 

 

Nem Sempre Zen – Não sou vegan mas gosto de aprender com quem sabe e me pode orientar a fazer melhores escolhas

 

Como já escrevi anteriormente aqui, gosto de aprender com quem sabe e me pode orientar a fazer melhores escolhas e a diversificar as minhas refeições, por exemplo com A Cozinha Verde e a Just Natural Please.

Cá em casa já não comemos carne de vaca e porco à muitos anos, mas ainda consumimos frango e perú. Mas até essas opções são muitas vezes substituídas por refeições vegetarianas. E cada vez mais.

A minha experiência pessoal, na tentativa de ter uma alimentação mais saudável, é fazer escolhas  diversificadas, experimentar alimentos “novos” e acima de tudo fazê-lo de forma equilibrada.

 

Haverão outros mitos que podemos destruir?

 

 

 

Partilha
error: