Book Gift - www.wook.pt

Nem Sempre Zen

By Patrícia Zen: Desenvolvimento Pessoal | Ser Feliz | Vida Saudável

Nem Sempre Zen
Browsing:

Etiqueta: nem sempre zen

Infusões para dias “nem sempre zen”

 

Dias “nem sempre zen“….

Não podemos escapar a estes momentos, eles fazem parte de nós e do nosso dia a dia.

Mas não nos dominam.

 

E por isso convidei a Joana Silva, do site Terapias D’Alma, a cozinhar uma receita, baaseada na Ayurveda, para nos ajudar a superar os dias “nem sempre zen.”

E… guess what?

Ela fez melhor ainda, trouxe-nos não uma…. mas três receitinhas maravilhosas!

Enjoy!

 

 

Nem Sempre Zen – Sugestões de Infusões para superar dias daqueles…

 

 

 

(mais…)


É fácil ser zen quando vives isolado

 

É fácil ser zen quando vives isolado, sem ninguém à tua volta e sem barulho.

 

Um dos maiores desafios da nossa vida é manter a calma

 

Manter a calma e ser zen quando estás rodeado de colegas tagarelas e falsos, de chefes que cinicamente te dão palmadinhas nas costas, de familiares com personalidades narcisistas e amigos egoístas.

Viver na cidade com a poluição, o trânsito, as pessoas desvairadas que andam a direito, sem ver nada à sua frente e ter uma atitude zen… é dose!

É complicado manteres uma atitude serena de forma permanente porque, convenhamos, há desafios diários que nos testam a paciência e a calma de uma maneira atroz.

 

 

 

Nem Sempre Zen – É facil ser zen quando se vive isolado

 

 

 

 

(mais…)


Desenvolvimento pessoal – Aprender, mudar e realizar

Em 8 meses de “Nem Sempre Zen” percebo que a aventura para perder peso, conceito inicial deste projecto, se tornou um percurso de desenvolvimento pessoal.

 

O processo de transformação física revelou-se muito mais do que isso e deve-se, sobretudo, aos contactos informais que fui fazendo nas redes sociais e que me levaram a pesquisar temas associados ao desenvolvimento pessoal, espiritualidade e consciência colectiva.

 

 

Nem Sempre Zen – Desenvolvimento pessoal, mudar é preciso

 

 

Por esse motivo, a temática do “Nem Sempre Zen” passará a incluir também abordagens ao meu próprio crescimento pessoal.

 

 

(mais…)


Cada um com o seu talento

Long story short…

 

Quando comecei a praticar yoga iniciei também a prática de meditação e, em consequência disso, tem vindo a dar-se no meu coração uma transformação espiritual (acredita que ao longo da vida tenho ido do 8 ao 80!).

 

Cada um com o seu talento

 

TalentoAptidão natural ou adquirida ; Engenho, disposição, habilidade

 

O momento em que comecei a por os olhos em determinadas leituras deu-me assim uma coisinha má!

Queria meter a mão na massa em todas as áreas!

Fazer óleos e incensos, podcasts de meditação, estudar ervas para fazer chás e outras mezinhas, enfim, queria fazer um crash course  em bruxaria natural! (chama-se entusiasmo ahahah)

 

 

Nem Sempre Zen – O momento em que comecei a por os olhos em determinadas leituras quis meter a mão na massa em tudo!

 

Depois percebi que (obviamente!) não posso querer fazer tudo. Até porque não tenho tempo.

O que fazer, então, com todo esse entusiasmo?

 

(mais…)


Destruir mitos para ter uma vida saudável

Mitos a destruir:

 

 

1. Uma pessoa que ensina ou pratica yoga é sempre “zen”

 

Um dia destes um amigo dizia-me, “mas tu és professora de Yoga, estiveste na Índia, não podes chatear-te com essas coisas, tens de ser Zen.”
Ora pois bem… até entendo que os outros olhem para nós dessa forma, que a malta do Yoga é zen, e é só peace and love, percebo que esteja tudo formatado nesse sentido, mas a questão é: Sim, os professores de Yoga não são sempre Zen’s! Somos todos humanos e acima de tudo não somos perfeitos.

In https://www.facebook.com/yogabreathyoga/

Nem Sempre Zen – Até quem pratica yoga tem dias em que está “nem sempre zen”…

 

Ora ai está!

Eu também pensava assim, até tinha uma certa inveja de yogis/yoginis e hippies porque na minha cabeçinha ali estavam as pessoas mais felizes do mundo! Descomplexados, despreocupados, em sintonia com a natureza e consigo próprios e, sobretudo, livres.

Mas a Susana veio explicar muito bem que, o que muda na vida de quem ensina (e pratica) yoga é a clareza mental que nos ajuda a ver as coisas de forma diferente, de uma outra perspectiva.

Não significa que não tenhamos problemas ou que eles não nos aflijam, simplesmente a forma como são encarados torna-se diferente. E mesmo assim não é automático, é aprendizagem, como tudo na vida.

(e é perfeitamente normal alguém passar-se da marmita de vez em quando, porque há momentos em que…… haja paciência! ahahah)

 

 

(mais…)


error: