Book Gift - www.wook.pt

Nem Sempre Zen

By Patrícia Zen: Desenvolvimento Pessoal | Ser Feliz | Vida Saudável

Nem Sempre Zen
Browsing:

Etiqueta: desenvolvimento pessoal

Balanço do ano 2018

 

Balanço do ano 2018: Neste artigo faço um resumo de um ano fantástico, que foi diferente em muitos aspectos daquilo que tem sido o meu “normal” mas… faço também uma proposta.

 

 

Nem Sempre Zen – Balanço do ano 2018

 

(mais…)


Bullying – Ser bullied quando se é adulto

 

Ser bullied quando se é adulto…
É todo um outro nível de humilhar e ser humilhado.

 

 

Era uma vez na faculdade….

 

 

Nem Sempre Zen – Bullying em adultos

 

(mais…)


Não sou feita para seguir regras

 

 

Apesar de viver em sociedade e precisar fazê-lo…. Não sou feita para seguir regras.

 

 

(Auto) Sabotagem? Ou não.

 

Sou péssima a seguir mapas, rituais, receitas… tudo o que seja indicações ou orientações eu saboto!

Se for para cumprir um plano alimentar, já de antemão digo que tentei mas não consigo.

Dress code… bah.

Seguir os passos para fazer um “chá mágico”, esquece.

Uma receita? Vou inventar.

Rituais… boring!…

Mapa do caminho…. não preciso.

 

 

(mais…)


É fácil ser zen quando vives isolado

 

É fácil ser zen quando vives isolado, sem ninguém à tua volta e sem barulho.

 

Um dos maiores desafios da nossa vida é manter a calma

 

Manter a calma e ser zen quando estás rodeado de colegas tagarelas e falsos, de chefes que cinicamente te dão palmadinhas nas costas, de familiares com personalidades narcisistas e amigos egoístas.

Viver na cidade com a poluição, o trânsito, as pessoas desvairadas que andam a direito, sem ver nada à sua frente e ter uma atitude zen… é dose!

É complicado manteres uma atitude serena de forma permanente porque, convenhamos, há desafios diários que nos testam a paciência e a calma de uma maneira atroz.

 

 

 

Nem Sempre Zen – É facil ser zen quando se vive isolado

 

 

 

 

(mais…)


Como fazer as escolhas certas?

Como fazer as escolhas certas?

Como saber se as decisões que tomo são realmente o melhor para mim?

 

 

 

Nem Sempre Zen – como saber se as minhas escolhas são realmente o melhor para mim?

 

 

Fazer escolhas sem arrependimentos é a minha lição nº 1 para a vida

 

Como fazer as escolhas certas? Fazê-las sem arrependimentos.

Se são realmente as certas? Sim, não, às vezes, não sei…

 

Eu podia dar mil e um exemplos pessoais – alias, escrevi alguns e depois apaguei tudo.

Porquê?

Porque há coisas que são tão nossas e que mexem connosco de uma maneira tão própria que não é justo nem para mim nem para ti eu usar as minhas experiências como exemplo.

Mas, se pensar bem, nem é preciso pois tu também já deves ter a tua conta de escolhas que não sabes se foram certas ou erradas.

 

 

Eu diria assim…

 

  • Não deixes para os outros a responsabilidade de decidir a tua vida;
  •  Sê fiel à tua natureza e o que fizeres faz sem arrependimentos;
  • A vida é aprendizagem e se a coisa der para o torto também se aprende com esses erros e “más” escolhas;
  • “Más escolhas” são lições de vida, encara isso de forma positiva;
  • Lembra-te que viver a vida a pensar nos “ses” não muda o passado;
  • No fim de tudo, sabes que deste o teu melhor porque tomaste a decisão que era possível e que te fazia sentido naquele exacto momento.

 

Keep it cool.

 

Abraço companheiro,

Patrícia (nem sempre) Zen

 

 

 


error: