Banner billboard Saldos 2019

Nem Sempre Zen

By Patrícia Zen: Desenvolvimento Pessoal | Ser Feliz | Vida Saudável

Nem Sempre Zen

Sobre o Yule (e mais uma meditação!)

Nem Sempre Zen – It’s Yule time!

Amanhã celebramos o Solstício de Inverno.

Neste dia atingimos a noite mais longa e mais escura do ano.

Nós, ocidentais, que crescemos na tradição cristã, conhecemos esta data como Natal, altura em que nasceu o Salvador.

No entanto, qualquer celebração que se faça actualmente, tem origens muito mais antigas do que se imagina.

Este ano vou comemorar o Yule como eu entendo que deveria ser sempre.

Natal e desafios

Não vou escapar ao jantar “de NATAL” em família e à troca de prendas (para mim desnecessária).

Não vou escapar ao almoço “de NATAL” e às conversas sobre política, greves, desgraças e discussão sobre quem está mais doente e quem fez os melhores doces. Clássico! eheheh

Mas até tudo isso tem o seu charme! Afinal de contas é uma bênção ter uma família –ainda que emprestada – e comida na mesa. Mas este ano levo no coração uma mensagem de paz, de reverência à natureza.

No Yule o Sol aproxima-se da terra – ou nós estamos mais próximos do sol (?) – e comemora-se o nascimento (simbólico) do novo Deus Sol.

Significa que renascemos da escuridão. Observámos as nossas sombras, enfrentámos os nossos medos e dificuldades e estamos preparados para o período de recolhimento que nos irá conduzir daqui a uns meses ao florescer na Primavera.

Há esperança, apesar das lutas e há confiança, apesar dos abalos.

Há sempre um “se” e um “apesar de”. Tudo faz parte da nossa existência. A diferença está na forma como encaramos as batalhas. Hoje mais fortes que ontem.

Meditação (Lua cheia)

Nem Sempre Zen – Dia 22 faremos a última meditação do ano, na Lua Cheia

Sábado, dia 22 de Dezembro é noite de lua cheia, por isso mesmo vou fazer uma meditação, por volta das 21 horas. Será a ultima meditação do ano nesta fase da lua.

Convido-te a meditar comigo no sábado à noite, no teu espaço, como for mais conveniente para ti.

Vamos celebrar o nosso renascimento das trevas e reverenciar o sol, a nossa luz interna que nos impele para respirar fundo e agarrarmo-nos à vida com todas as forças.

Juntas-te a mim nesta meditação?

Feliz YULE!

Partilha

4
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
VâniaPatrícia ZenAndreia Peres Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Vânia
Visitante

Eu sempre tive um Natal rodeada de poucas pessoas e talvez por isso o adore tanto, porque o espírito que se vive é tão feliz e de união que adoro mesmo celebrar esta data. Acho que assim é porque no fundo celebro com as pessoas com quem já convivo o ano todo, ou seja não há aquela coisa do familiar que só vemos uma vez por ano e a conversa de circunstância, portanto para mim o Natal acaba por ser o ano todo mas neste dia com mais doces e comidinhas boas ihihihi. Gostei muito desta tua explicação do Yule.… Read more »

Andreia Peres
Visitante
Andreia Peres

Recentemente também me dei conta do significado especial deste solstício de Inverno, na verdade, ao longo dos tempos as coisas foram perdendo o seu simbolismo e somos robots andantes de repetição de tradições sem entendimento profundo das suas causas. E esse entendimento muda tudo. Obrigada pela tua partilha. Eu escapo-me a todas essas obrigações de Natal, adoro o Natal, a energia e o seu espírito, mas penso que como é vivido hoje em dia pela maior parte das pessoas é um grande desrespeito ao seu real significado. Um grande beijinho.

error: