Nem Sempre Zen

Ferramentas de Autoconhecimento e Desenvolvimento Pessoal by Patrícia Zen

Nem Sempre Zen

Quando deixas de brilhar a tua luz

Já te aconteceu deixares de brilhar a tua luz por causa dos outros ou mesmo por tua causa?

 

 

Nem Sempre Zen – Quando deixas de brilhar a tua luz, estás a diminuir-te

 

Se calhar já o fizeste para não ofenderes outras pessoas, principalmente as que “se acham” e são invejosas.

Já passaste por aquela situação em que deixaste de ser quem és e de manifestar a tua alegria, a tua sabedoria e o o teu poder pessoal, de forma a evitar conflitos com estas mesmas pessoas que gostam de ser elas a aparecer, a dar show e a atrair as atenções?

Ou então já te contiveste simplesmente por ti, porque és tímido, porque ficas ansioso ou com medo de chamar atenção sobre ti?

 

 

 

 

Hoje acordei com este pensamento:

 

Deixa tua luz brilhar, não te ofusques só porque os outros são narcisistas, egocêntricos ou invejosos.

Esse é um problema deles, tu só tens de enviar amor.

 

 

Não te diminuas para deixar os outros brilhar em vez de ti..

Protege a tua essência e a tua luz, mas não a escondas. Tu podes ser a luz no túnel para alguém que precisa de orientação.

 

Às vezes precisamos pensar primeiro em nós e depois nos outros.

Não é egoísmo, é como as coisas funcionam.

Eu não posso consolar ou amparar alguém se eu própria estiver a precisar de me cuidar. até posso tentar com boa intenção – quantas vezes isso não acontece não é? – mas depois, quem cuida de mim? Quem me ajuda a erguer de novo?

 

Na vida temos de aprender a depender de nós próprios em primeiro lugar, depois o resto.

Assim, podes ajudar quem de ti precisar.

 

E não deixes a tua luz apagada para não ferir os olhos dos outros…

Deixa-a brilhar.
Sê luz por inteiro.

 

Abraço companheiro,

Patrícia (nem sempre) Zen

Partilha
error: