Book Gift - www.wook.pt

Nem Sempre Zen

By Patrícia Zen: Desenvolvimento Pessoal | Ser Feliz | Vida Saudável

Nem Sempre Zen

Dia Internacional do Voluntariado

O Dia Internacional do Voluntariado é celebrado todos os anos no dia 5 de dezembro. A data, proclamada em dezembro de 1985 pelas Nações Unidas, tem como objetivo incentivar e valorizar o serviço voluntário em todo mundo.

Durante toda a minha vida, sempre que tive oportunidade e tempo disponivel, dediquei-me a fazer voluntariado.

Não me cabe na ideia viver de forma isolada, na minha bolha, quando há alguém que precisa de algum tipo de apoio, seja financeiro ou emocional.

Se eu tenho tempo, porque não fazer algo útil e ajudar?

Nem Sempre Zen – Dia Internacional do Voluntariado

A responsabilidade de cuidar do próximo

O voluntariado tem valor para quem dá e para quem recebe. Se tiveres disponibilidade é algo que aconselho vivamente.

Mas não o faças para constar no teu CV – como era moda há uns anos atrás.

Se fores voluntário na Web Summit ai até que faz sentido mas se fores voluntário numa instituição como a APAV, a CRUZ VERMELHA ou a REFOOD, faz por amor e não para parecer bem.

Porque o facto de gostares e teres prazer em ajudar sente-se do lado de quem recebe.

Ninguém gosta de ser visto como uma vitima, fruto da má sorte ou ser objecto de pena.

Todo o ser humano tem a sua dignidade.

Todas as pessoas merecem respeito ainda que a vida lhes tenha trocado as voltas. São eles mas podias ser tu ou eu naquela situação.

Eu acredito que nós temos a responsabilidade de cuidar uns dos outros. Se todos fizerem um pouquinho que seja, no conjunto o resultado será algo grandioso.

Nem Sempre Zen – Eu acredito que nós temos a responsabilidade de cuidar uns dos outros

Aquilo que dá a tua mão direita….

Algures na Biblia cristã há uma passagem que diz o seguinte:

“Por essa razão, quando deres um donativo, não toques trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas, nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens.

(…) quando deres uma esmola ou ajuda, não deixes tua mão esquerda saber o que faz a direita.

Para que a tua obra de caridade fique em secreto: e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.

Aspectos religiosos à parte, se ajudares alguém faz porque sentes no teu coracao de o fazer.

Se quiseres mostrar fá-lo apenas para motivar os outros a fazer também.

Mas sem vaidades.

Ajuda desinteressadamente, consciente de que vai fazer toda a diferença. Porque certamente vai.

Partilha

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Patrícia ZenAndreia Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Andreia
Visitante
Andreia

Fantástica partilha Paty. Não sabia que fazias voluntariado. Como tem sido essa tua experiência?

error: