Nem Sempre Zen

By Patrícia Zen: Desenvolvimento Pessoal | Ser Feliz | Vida Saudável

Nem Sempre Zen
Browsing:

Categoria: Bem estar psicológico

A minha vida está uma m****

Então, como ser feliz?!

Em primeiro lugar, desliga as redes sociais – principalmente as contas de quem te transmite que a vida é mágica 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Desliga a televisão, principalmente nos telejornais que além de desgraças, produzem notícias ocas e desprovidas de informação útil e verdadeira.

Fecha esse livro de auto-ajuda que te está a tornar inquieta e ansiosa.

E depois de leres o que tenho para te dizer fecha também aqui o separador do Nem Sempre Zen!

Nem Sempre Zen - Como ultrapassar os momentos em que bate o desespero?
Nem Sempre Zen – Como ultrapassar os momentos em que bate o desespero?

Ninguém está livre de ter problemas

Mesmo as divas da auto-ajuda.

Se fores ver, as maiores personalidades nesta área, passaram por problemas gravíssimos, de saúde e familiares.

Já li artigos de mulheres e homens que ultrapassaram a morte de um filho, outros conseguiram curar-se de um cancro, outros reconstruiram as suas vidas depois de terem ficado desempregados.

Se hoje estão bem, houve tempo em que não era assim.

Apesar de eu estar a dar estes exemplos, não te compares com os outros. O que eu quero dizer é que no meio da aflição é possível encontrar paz.

A tua vida está uma m****, a minha também não é perfeita. Mas estamos aqui!

O que é realmente importante para ti?

Pensa comigo, quais são as coisas que realmente são importantes para ti?

Provavelmente não pensaste em coisas mas sim em pessoas ou emoções, correcto?

Se tiveres filhos de certeza que pensaste neles. Se tiveres pais, irmãos ou avós também estiveram na tua mente. O teu companheiro ou companheira.

A satisfação que retiras do teu trabalho ou dos teus hobbies.

Isso significa que valorizas sentimentos, vivências e não bens materiais.

Podes dizer: “ah mas a minha relação com a minha irmã é horrível!” ou “o meu chefe é manipulador” ou mesmo “o meu irmão é toxicodependente.”

São situações aflitivas, claro que sim! Isso dá-te todo o direito de te sentires triste e frustrada.

Agora pensa… em quais destas situações podes ter uma atitude diferente que possa modificar o que sentes?

Nem todas as soluções para os problemas estão nas tuas mãos. Faz o teu melhor, ajuda quem precisa, limpa o coração de mágoas e cuida do teu interior.

“Mas e isso vai fazer com que a minha vida deixe de estar uma m****?”

Os problemas talvez continuem por ai mas…

Se começares a observar as situações do ponto de vista daquilo que tu podes ou não podes fazer, isso pode ajudar-te a diminuir a ansiedade, a ver o problema por uma lente mais limpa e pode inclusive fazer-te perceber que esse obstáculo já não tem o mesmo impacto que tinha antes e que é ultrapassável.

Respira fundo e segue…

Partilha

Infusões para dias “nem sempre zen”

 

Dias “nem sempre zen“….

Não podemos escapar a estes momentos, eles fazem parte de nós e do nosso dia a dia.

Mas não nos dominam.

 

E por isso convidei a Joana Silva, do site Terapias D’Alma, a cozinhar uma receita, baaseada na Ayurveda, para nos ajudar a superar os dias “nem sempre zen.”

E… guess what?

Ela fez melhor ainda, trouxe-nos não uma…. mas três receitinhas maravilhosas!

Enjoy!

 

 

Nem Sempre Zen – Sugestões de Infusões para superar dias daqueles…

 

 

 

(mais…)

Partilha

Bullying – Ser bullied quando se é adulto

 

Ser bullied quando se é adulto…
É todo um outro nível de humilhar e ser humilhado.

 

 

Era uma vez na faculdade….

 

 

Nem Sempre Zen – Bullying em adultos

 

(mais…)

Partilha

É fácil ser zen quando vives isolado

 

É fácil ser zen quando vives isolado, sem ninguém à tua volta e sem barulho.

 

Um dos maiores desafios da nossa vida é manter a calma

 

Manter a calma e ser zen quando estás rodeado de colegas tagarelas e falsos, de chefes que cinicamente te dão palmadinhas nas costas, de familiares com personalidades narcisistas e amigos egoístas.

Viver na cidade com a poluição, o trânsito, as pessoas desvairadas que andam a direito, sem ver nada à sua frente e ter uma atitude zen… é dose!

É complicado manteres uma atitude serena de forma permanente porque, convenhamos, há desafios diários que nos testam a paciência e a calma de uma maneira atroz.

 

 

 

Nem Sempre Zen – É facil ser zen quando se vive isolado

 

 

 

 

(mais…)

Partilha

Como fazer as escolhas certas?

Como fazer as escolhas certas?

Como saber se as decisões que tomo são realmente o melhor para mim?

 

 

 

Nem Sempre Zen – como saber se as minhas escolhas são realmente o melhor para mim?

 

 

Fazer escolhas sem arrependimentos é a minha lição nº 1 para a vida

 

Como fazer as escolhas certas? Fazê-las sem arrependimentos.

Se são realmente as certas? Sim, não, às vezes, não sei…

 

Eu podia dar mil e um exemplos pessoais – alias, escrevi alguns e depois apaguei tudo.

Porquê?

Porque há coisas que são tão nossas e que mexem connosco de uma maneira tão própria que não é justo nem para mim nem para ti eu usar as minhas experiências como exemplo.

Mas, se pensar bem, nem é preciso pois tu também já deves ter a tua conta de escolhas que não sabes se foram certas ou erradas.

 

 

Eu diria assim…

 

  • Não deixes para os outros a responsabilidade de decidir a tua vida;
  •  Sê fiel à tua natureza e o que fizeres faz sem arrependimentos;
  • A vida é aprendizagem e se a coisa der para o torto também se aprende com esses erros e “más” escolhas;
  • “Más escolhas” são lições de vida, encara isso de forma positiva;
  • Lembra-te que viver a vida a pensar nos “ses” não muda o passado;
  • No fim de tudo, sabes que deste o teu melhor porque tomaste a decisão que era possível e que te fazia sentido naquele exacto momento.

 

Keep it cool.

 

Abraço companheiro,

Patrícia (nem sempre) Zen

 

 

 

Partilha

error: